Teorias da Conspiração: mitos e fatos

As teorias da conspiração têm ganhado maior alcance na atualidade com as facilidades de comunicação e por causa disso têm aumentado seus efeitos na sociedade. Alguns, senão todos, os efeitos têm sido nocivos para a sociedade. Como devemos nos portar diante das teorias da conspiração e como combatê-las?

No que devemos acreditar? Existem critérios para a verdade? O que é fato e o que é mito? Quais são os propósitos políticos das teorias da conspiração? Para refletir e discutir a respeito do tema "Teorias da Conspiração: mitos e fatos" venham participar das Reuniões Abertas de Formação em 18/03 às 17h.

Os materiais de consulta prévia recomendados foram:

O que é QAnon - https://www.youtube.com/watch?v=6LFnQ56U7Jo

"Minha mãe põe minha vida em risco": as famílias destroçadas pelo QAnon - https://www.youtube.com/watch?v=Oy-sYhR3kcw

Fique por dentro do que rolou:


A apresentação inicial abordou inicialmente algumas das características básicas de uma teoria. Por exemplo, para uma teoria existem objetos a serem analisados e é possível estabelecer relações entre eles. Em seguida foi apontado como as teorias da conspiração não se caracterizam como teorias propriamente ditas: por não existirem objetos a serem analisados, não existem possíveis relações a serem descobertas.


As teorias da conspiração foram então caracterizadas como ideologias, independentes da realidade histórica e social e atuando de maneira a ocultar a realidade objetiva. Como exemplos de argumentos ideológicos foram apresentados três deles: o "lugar de fala", a "verdade relativa" e o conceito absoluto de "família".


A discussão abrangeu diversos assuntos, como os movimentos anti-vacina, a astrologia, a oscilação brusca no valor das ações da Petrobrás ocorrido na semana da atividade e o distanciamento entre Universidade e a sociedade. Foi abordada também a importância de tentar esclarecer as pessoas ao invés de ridicularizar e afastar ainda mais a população do conhecimento produzido na academia. Acesse a gravação da atividade para saber mais!


Referências apresentadas pelos participantes durante a discussão:


Cosmos | Neil deGrasse-Tyson e viúva de Sagan revelam bastidores da série: https://www.omelete.com.br/san-diego-comic-con/cosmos-neil-degrasse-tyson-e-viuva-de-sagan-revelam-bastidores-da-serie


Os Simpsons previram a campanha de Donald Trump? https://www.e-farsas.com/os-simpsons-previram-a-campanha-de-donald-trump.html


Reuniões Abertas de Formação - Controvérsias na ciência e ética: https://parquecientec.usp.br/passeio-virtual/reunioes-abertas-de-formacao/controversias-na-ciencia-e-etica


Reuniões Abertas de Formação - Teoria e Realidade: https://parquecientec.usp.br/passeio-virtual/reunioes-abertas-de-formacao/teoria-e-realidade


Aporofobia: https://pt.wikipedia.org/wiki/Aporofobia


Ideologia de gênero: https://drauziovarella.uol.com.br/drauzio/artigos/ideologia-de-genero-artigo/#:~:text=Ideologia%20de%20g%C3%AAnero%20%C3%A9%20um,diversidade%20do%20comportamento%20sexual%20humano


Dissonância cognitiva: https://pt.wikipedia.org/wiki/Disson%C3%A2ncia_cognitiva


Submundo: a conspiração da Lava Jato contra Lula: https://www.youtube.com/watch?v=N5V-DoPqHuU


Guerra do Iraque, uma invenção americana: https://www.dw.com/pt-br/guerra-do-iraque-uma-inven%C3%A7%C3%A3o-americana/a-43309906


21 militares colombianos são condenados por matar jovens e alegar que eram guerrilheiros: https://brasil.elpais.com/brasil/2017/04/04/internacional/1491317058_236027.html

Acompanhe aqui os slides utilizados na apresentação inicial, com as referências utilizadas:

Teorias da Conspiração: mitos e verdades (versão 2)

Se você não conseguiu participar, assista aqui a gravação na íntegra da atividade:

Contato: reunioesabertascientec@gmail.com

Autoria: Souza, C.; Damasceno, H.; Pontes, S.; Pusceddu, L. (2021) Teorias da Conspiração: mitos e fatos.

Créditos detalhados

Autores: Henrique Damasceno, Luca Hermes Pusceddu e Silas Lima Pontes.