Fim do mundo e distopias

O mundo é único ou há vários mundos? Cada cultura cria um mundo diferente? Como a ciência ajudou a criar e recriar o mundo em que vivemos? As ações humanas estão pondo a existência da humanidade em risco? Podemos e devemos construir um mundo novo?

Se você quer pôr as suas concepções e crenças em pauta sobre como vivemos e agimos e como podemos viver e agir no planeta venha discutir conosco.

Referências:

https://www.youtube.com/watch?v=iqFNLNCIkmQ

http://www.fsp.usp.br/sustentarea/2018/08/01/sobrecarga-da-terra/

Fique por dentro do que rolou!


Na reunião aberta, em 10 de outubro de 2020, do projeto Reuniões Abertas de Formação foi apresentado o tema Fim do Mundo e Distopias. Na apresentação colocaram-se apontamentos com o intuito de suscitar questionamentos acerca das concepções e das ações humanas que constituem um mundo comum e como essas concepções e ações desdobraram-se ao longo do tempo e como elas podem trazer benefícios ou malefícios.

O conjunto de questões e apontamentos feitos pelos participantes durante a reunião girou em torno do tema, procurando compreender o que é utopia, o que é distopia e qual a atualidade desses conceitos. Discorremos sobre como os conceitos de utopia e distopia foram modificados ao longo do tempo, com a intenção de compreender os exemplos históricos positivos e negativos, para tanto foram comentados como exemplos o nazismo e as revoluções burguesas.

Discutimos o caráter materialista e idealista das utopias. Como exemplo de utopia idealista foi citado a utopia cristã, que é o paraíso, e como exemplo de utopia materialista, o positivismo. Falamos também das utopias idealistas da atualidade, as que são vendidas pelos coaches.

Apareceu a discussão sobre o caráter distópico das ações humanas na forma das seguintes questões:

Quarentena global é um exemplo de situação distópica?

O pessimismo que é divulgado por algum produtos das mídia, por exemplo em Rick and Morty e em Bojack Horseman, é um discurso distópico?

Na atualidade nos encontramos expostos a utopias individuais de caráter idealista?

Essas foram algumas das questões que buscamos compreender durante a reunião.

As referências bibliográficas que utilizamos na preparação da reunião, bem como as que foram indicadas pelos participantes, são as seguintes:


https://www.estantevirtual.com.br/livros/zygmunt-bauman/tempos-liquidos/961672674

/A Sociedade Líquida do Bauman

Especial Nietzsche Viviane Mosé Café Filosófico

Pedagogia do oprimido - Paulo Freire

Ailton Krenak "Ideias para adiar o fim do mundo"

Para Que Serve a Utopia? - Eduardo Galeano

https://pt.wikipedia.org/wiki/Walden / https://pt.wikipedia.org/wiki/Walden_II

https://jornalggn.com.br/blog/doney/bem-vindo-ao-estado-suicidario-por-vladimir-safatle-n-1-edicoes/

https://www.marxismo.org.br/bonapartismo-e-fascismo/

Contato: reunioesabertascientec@gmail.com

Autoria: Souza, C.; Humphreys, N.; Pontes, S.; Pusceddu, L. (2020) Fim do mundo e distopias.

Créditos detalhados

Autores: Caique Oliveira de Souza, Nicoly Dias Humphreys, Silas Lima Pontes.

Coordenação: Luca Hermes Pusceddu.