O Vulcão Cumbre Vieja finaliza suas atividades

Mais de 3 meses após entrar em erupção, o vulcão Cumbre Vieja, de La Palma, finalmente finalizou suas atividades. Em 25 de dezembro, Julio Pérez, Ministro da Administração Pública, Justiça e Segurança do Governo das Ilhas Canárias, anunciou a notícia mais aguardada da região: “A erupção acabou”. Durante o período de atividade, uma somatória de estragos foram contabilizados, entre os setores mais atingidos estão moradia, qualidade do ar, economia e o meio ambiente.

Ainda em 2021, a ilha de La Palma foi alvo de um forte terremoto causado pelo vulcão de mais de 125 mil anos: uma série de pequenos abalos sísmicos na região foi registrada pelo centro de monitoramento das Ilhas Canárias, quase todos de pequena intensidade, exceto o do dia 21 de novembro, que atingiu magnitude 5,0, ocorrendo a 37 km de profundidade, e pôde ser sentido até na cidade de Tenerife, que fica a 251 km de distância da ilha.

As atividades vulcânicas de Cumbre Vieja afetaram também a economia local: plantações, investimentos e comércio tiveram grandes prejuízos em decorrência do fenômeno. O presidente das Ilhas Canárias, Ángel Victor Torres, declarou ainda em novembro de 2021 que o déficit estava entre 550 e 700 milhões de euros, cerca de 3 a 4 bilhões de reais.

As cinzas provenientes da erupção constante também afetaram significativamente a qualidade do ar. Moradores das regiões próximas sofreram com a acúmulo das cinzas nas ruas e calçadas. Em novembro do ano passado, a primeira morte em decorrência do vulcão Cumbre Vieja foi registrada: um homem de 70 anos foi encontrado sem vida, após ajudar em uma força tarefa de limpeza das cinzas.

As erupções do vulcão Cumbre Vieja acabaram depois de 3 meses de atividade constante, mas os moradores da Ilha de La Palma ainda sofrem com os impactos: agricultura, economia e viagens, além da saúde da população, foram significativamente afetadas e o saldo dos prejuízos ainda estão sendo contabilizados. O magma, gases e partículas quentes que escaparam da estrutura geológica, além dos consequentes tremores de terra, foram constantemente observados pelos centros de monitoramento de vulcões e atividades sísmicas, que passaram 90 dias de expectativas e incertezas a respeito dos acontecimentos e consequências provocadas por um vulcão que estava adormecido há mais de 50 anos.


Referências:

https://www.cnnbrasil.com.br/

https://brasil.elpais.com/ciencia/2021-09-17/ilhas-canarias-voltam-a-tremer-e-ha-risco-de-erupcao-vulcanica.html

https://g1.globo.com/mundo/noticia/2021/10/17/sem-fim-a-vista-erupcao-nas-canarias-esta-prestes-a-completar-um-mes-com-nenhum-morto-ou-ferido-veja-dados.ghtml

https://pt.wikipedia.org/wiki/Cumbre_Vieja

Silva, S. (2022) O Vulcão Cumbre Vieja finaliza suas atividades.

Autoria:

Stephanne Alves Silva


Revisão:


Ailton Marcos Bassini