Dia do Matemático

Hoje, dia 26 de outubro, prestamos homenagem aos Matemáticos e em especial, a Gladys Mae West!

E por qual motivo? Por que Gladys West, matemática, afro-americana e de origem humilde, transpôs barreiras econômicas e sociais, desempenhando papel fundamental para o desenvolvimento e criação do GPS.

Gladys nasceu em 1930, no Estado da Virgínia nos Estados Unidos, num período onde a segregação racial era institucionalizada. Sua mãe era operária em uma fábrica de tabacos e, seu pai, agricultor, trabalhava em uma ferrovia.

Gladys concluiu o ensino médio como a melhor aluna da classe e, por esta razão, ganhou uma bolsa de estudos na Universidade da Virgínia. Em 1952, graduou-se em matemática e, em 1955, obteve o título de mestre, também em matemática.

Em 1956, ingressou na base naval de Dahlgren como a segunda negra contratada de quatro funcionários negros, sendo um deles, um matemático chamado Ira West, com quem se casou e teve 3 filhos.

No início dos anos 1960, Gladys participou de um estudo astronômico premiado que provou a regularidade do movimento de Plutão em relação a Netuno, ou seja, a cada duas órbitas feitas por Plutão, Netuno faz três, esse fenômeno é chamado "ressonância orbital". 

Entre os anos 1970 e 1980, West programou um computador IBM para fornecer cálculos para modelar a forma da Terra. Ela utilizou os dados do Seasat (primeiro satélite que conseguiu detectar remotamente os oceanos, possibilitando medir a distância entre o satélite e a superfície dos oceanos da Terra).

West usou as informações do Seasat, e de outros satélites, e ao longo dos anos, elaborou um modelo matemático cada vez mais detalhado e preciso da forma real da Terra, chamado de "geoide". Essa modelagem computacional seria essencial para o GPS moderno.

Em 1986, Gladys publicou um guia ilustrado de 60 páginas chamado "Especificações para Sistemas de Processamento de Dados para Altímetros de Satélites de Radar Geosat", que explicava como melhorar a estimativa de deflexão vertical e altura geoidal.

Aposentou-se em 1998 e, mesmo enfrentando graves problemas de saúde, em 2018, aos 88 anos, obteve o título de PhD em Administração Pública.

Suas realizações no desenvolvimento da tecnologia GPS ficaram ocultas até 2018, quando sua história foi descoberta e publicada pela Associated Press (agência de notícias independente) nos EUA. Pouco tempo depois, através de um comunicado de imprensa emitido pelo Comando Espacial da Força Aérea, Gladys West foi reconhecida como ``figura oculta“  da história militar e incluída no Hall da Fama do Espaço da Força Aérea dos EUA.

1- O GPS (Sistema de Posicionamento Global) é um sistema de navegação por satélite que fornece a um aparelho receptor móvel a sua posição e horário, a qualquer momento e em qualquer lugar na Terra. De início, era um projeto militar dos EUA chamado de Navstar, criado na década de 1960. Hoje em dia é o sistema mais utilizado no planeta.


Faça um passeio virtual em nosso espaço dedicada à matemática: https://www.parquecientec.usp.br/passeio-virtual/matematica


Fonte:

https://en.wikipedia.org/wiki/Gladys_West

Autoria: Becker, C. (2020) Dia do Matemático.