Solos do Brasil: Latossolos

Sedimentos argilosos de cobertura. Foto: Maria de Lourdes Mendonça Santos. Grão-Mogol-MG.

Os solos brasileiros se classificam em 13 classes contidas no Sistema Brasileiro de Classificação dos Solos (SiBCS). Essa diversidade é decorrente da grande extensão territorial do país, o qual apresenta diferentes condições geográficas que influenciam diretamente na formação de diferentes solos. Fatores como clima, geologia e manejo determinam as características químicas, físicas e morfológicas do solo.

Entre as 13 classes de solos brasileiros, predominam os latossolos, argissolos e neossolos, representando, juntos, cerca de 70% do território nacional. Damos início à série “Solos do Brasil” a partir dos solos em maior abundância no território brasileiro, os latossolos.

O nome deriva do latim "lato", largo, vasto, amplo, extensivo.

Cobrindo uma área total de cerca de 39% do Brasil, os latossolos se distribuem nas regiões equatoriais e tropicais, onde ocorrem intensas atividades erosivas. São solos altamente desenvolvidos e intemperizados, sem incremento de argila em profundidade. As cores de maior expressão são avermelhadas e amareladas devido às condições climáticas que oxidam o ferro contido no solo; além do ferro, os latossolos são compostos por caulinita e alumínio.

Os latossolos são aptos à agricultura com nível médio a alto de tecnologia, pois necessitam de uma correção de suas limitações químicas, já que são solos ácidos e possuem o elemento (H+), que repele cátions de carga positiva como cálcio (Ca2+), magnésio (Mg2+) e potássio (K+), nutrientes essenciais para o desenvolvimento das plantas. Por isso, o avanço da agricultura brasileira depende das técnicas dominantes dos solos. No entanto, as consequências dessas tecnologias devem ser levadas em consideração, para que as próximas gerações tenham a mesma disponibilidade de recursos que nós possuímos.

Santana, M.P.X.; Pusceddu, L.; Azarias, V. (2021) Solos do Brasil: Latossolos.

Créditos detalhados

Autores:

Marcos de Paula Xavier de Santana

Victoria Azarias

Coordenação:

Luca Hermes Pusceddu - lhp@ib.usp.br